Você está aqui: Página Inicial > Instituto Federal > Notícias - 2015 > Curta 5: Fique por dentro de tudo o que aconteceu

Curta 5: Fique por dentro de tudo o que aconteceu

publicado: 12/11/2015 14h20 última modificação: 21/01/2016 15h09

O Curta 5, Festival de Curtas Metragens do IFBA, aconteceu nos dias 5, 6 e 7 de novembro no campus de Vitória da Conquista. Criado em 2010 pelo IFBA Campus Eunápolis, o festival Curta 5, tem por objetivos incentivar e promover novos talentos na área cinematográfica, além de estimular o desenvolvimento e a produção audiovisual de cunho educativo e cultural, aberto a todos os estudantes, possibilitando a criação, reflexão e difusão do cinema “amador” com a participação da comunidade, roteiristas, cineastas e pesquisadores do audiovisual e da Educação. 

Neste ano, o festival contou com a exibição de mais de 30 curtas e longas, exposições, paisagismo, planetário, apresentação de grupos de dança e uma banda de música. O coordenador do projeto e professor do IFBA, Benival Júnior, explica que, diante do cenário midiático que estamos envolvidos e somos produtos manipulados muitas vezes, o festival é uma alternativa a isso para que venhamos compartilhar nossas emoções, angústias, reflexões e descobrir outros horizontes e um leque de possibilidades. Para ele, o Curta 5 é uma plataforma, um modelo de conversão e um ponto de encontro do curta e longa-metragem com a dança, cinema, teatro e artes plásticas, momento em que se discute imagens, conceitos, mensagens audiovisuais em geral. É o momento de troca de conhecimento sem distinções entre docentes e discentes. 

A abertura do evento na noite do dia 5 contou com a apresentação do grupo de dança de uma escola recém-formada na cidade chamada “Elite Dança Complexa”. Tal grupo explora a dança de forma inovadora e complexa, como sugere o nome. Outro grupo de dança, o “xxperience”, foi uma aposta para a noite do dia 6, tendo em vista toda a dinâmica, estética e conteúdo de suas apresentações. O IFBA já conhece o talentoso trabalho deste grupo desde a jornada cultural e não somente em Vitória da Conquista, mas também em Feira de Santana, Ilhéus, Itabela e, mais recentemente, nos jogos estudantis, os JIFBA. 

O Curta 5 apostou na crítica ao sistema capitalista de forma didática e lúdica para a juventude quando exibiu seu primeiro longa na abertura: “O Menino e o Mundo”, do cineasta Alê Abreu. “O longa nacional aponta para um lado um pouco inédito para nós, através da ótica capitalista do mercado: o olhar de uma criança dentro dessa esfera perdida e solitária. Logo, muitas vezes nos sentimos como a criança do filme, diante deste sistema que está em constantes transformações e o poder de abstração que nós temos perante as realidades. As tristezas, os desafios, a partida, a saudade, tudo envolvido na problemática que o próprio mercado oferece para todos nós no sistema capitalista que estamos inseridos”, conta Benival. Ele ainda diz que esta animação foi uma total inovação por ter sido produzida numa folha de papel e quase 100% no Photoshop, o que foi uma descoberta para eles no que diz respeito à possibilidade do uso do programa para a animação e ilustração. 

As Mostras Competitivas Juvenil I e II exibiram produções de estudantes de diversas escolas e cidades vizinhas e próximas à Vitória da Conquista. Benival comenta que a categoria Juvenil I (ensino fundamental II), é um desafio que traz frutos maravilhosos, experiências significativas e que essa é a categoria mais carente de estar sendo capacitada por eles, pois não há casos identificados de audiovisual na vida do estudante do ensino fundamental II. O grande destaque dessa categoria foi novamente a cidade de Itabela juntamente com as escolas do sul da Bahia. A cidade se tornou referência para o festival, inclusive as escolas que participam hoje do Curta 5 se espelham principalmente em Itabela e nas outras escolas das cidades do sul da Bahia. 

A categoria Juvenil II (ensino médio) se diferencia porque os estudantes são mais velhos e em seus colégios têm acesso à internet e ao computador mais facilmente. O destaque dessa categoria neste ano foi para o campus do IFBA, Vitória da Conquista, que produziu bons vídeos, venceu duas premiações do ensino médio e isso trouxe um reconhecimento das outras escolas em relação à qualidade de produção de nossos estudantes.

O encerramento do Festival aconteceu com uma apresentação de dança na cerimônia de premiação e no final da noite com a apresentação de uma banda de música já conhecida pelo Instituto. 

 

Coordenação de Comunicação – Campus Vitória da Conquista