Você está aqui: Página Inicial > Campus Eunápolis > Notícias > Notícias Eunápolis 2017 > Professor do campus Eunápolis foi selecionado para a Escola de Física CERN

Professor do campus Eunápolis foi selecionado para a Escola de Física CERN

Notícias campus Eunápolis 2017

publicado: 04/09/2017 09h28 última modificação: 06/09/2017 07h59

O professor Elcimar Pessoa Rocha do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia-Eunápolis, foi um dos selecionados para participar Escola de Física CERN 2017. Elcimar faz parte do grupo de vinte profissionais brasileiros escolhidos para a Escola e juntamente com Jarbas Cordeiro Sampaio, campus Camaçari, vai participar desta edição que está acontecendo entre os dias 31 de agosto e 9 de setembro em Lisboa, Portugal, e em Genebra, na Suíça.

Essa é a primeira vez que esses professores  do IFBA  estão participando da Escola de Física do CERN (um dos maiores laboratórios de pesquisa experimental do mundo e que mantém um programa de educação destinado a professores de diversas nacionalidades). A seleção dos docentes brasileiros foi coordenada pela Sociedade Brasileira de Física (SBF), por meio da Secretaria para Assuntos de Ensino.

Elcimar.jpgPara Elcimar essa é uma oportunidade muito importante para a popularização da ciência, segundo ele esse tipo de iniciativa “Ajuda a quebrar o mito de que fazer ciência é algo distante, traz para mais próximo da comunidade, desmistifica. No retorno os professores selecionados devem usar os conhecimentos adquiridos durante a Escola para promover divulgação científica, extensão e pesquisa na sua comunidade, ou seja, não apenas os professores serão beneficiados, mas toda a comunidade adjacente a cada professor. Enfim o intuito é alcançar cada vez mais pessoas e mostrar a ciência em suas melhores facetas, no caso Física de partículas e no meu caso especifico a interface física de partículas e astrofísica”, explicou o professor mestre em Física/Astrofísica pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). 

 

Entenda o processo:

 A Escola de Física CERN, seleciona e acompanha os professores brasileiros ao CERN sendo coordenada pela Sociedade Brasileira de Física (SBF)  através da sua Secretaria para Assuntos de Ensino. Os 20 professores de física brasileiros se juntarão a professores de física Portugueses e de outras nações Lusófonas. Essa integração foi e é possível graças à oportunidade gerada pelo Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas (LIP) - em Lisboa, Portugal, que abriu a possibilidade de participação de professores de outros países Lusófonos no programa “Escola de Professores no CERN em Língua Portuguesa”, originalmente restrita para professores portugueses. A coordenação geral do projeto junto ao CERN é o prof. Pedro Abreu, do LIP. Aqui no Brasil a coordenação Escola de Física do CERN 2017 fica a cargo dos professores Nilson Garcia e Nelson Barrelo Jr. Para saber mais sobre as atividades do CERN acesse: www.cern.ch.

registrado em: