Você está aqui: Página Inicial > Campus Eunápolis > Notícias > Notícias Eunápolis 2017 > Comissão de Prevenção ao Uso Abusivo de Drogas apresenta trabalhos em Seminário de Diversidade e Educação Inclusiva

Notícias campus Eunápolis 2017

Comissão de Prevenção ao Uso Abusivo de Drogas apresenta trabalhos em Seminário de Diversidade e Educação Inclusiva

publicado: 08/09/2017 09h17, última modificação: 08/09/2017 09h17

Os resultados das atividades desenvolvidas pela Comissão Permanente de Prevenção do Uso Abusivo de Drogas do IFBA Eunápolis foram apresentados durante o III Seminário Internacional (Cooperação Brasil-Quebec) Diversidade e Educação Inclusiva: Perspectivas Interdisciplinares e Interepistêmicas, realizado entre os dias 30 de agosto e 02 de setembro na Universidade Federal do Sul da Bahia, em Porto Seguro.

A temática dos trabalhos foi Saúde Mental e Inclusão Social, com apresentação de três relatos de experiências de projetos interdisciplinares realizados pela comissão:

IMG-20170903-WA0032.jpg"Vivências de promoção da inclusão social de estudantes em situação de vulnerabilidade social", apresentado pela professora Lívia Dodds, relatou a experiência do projeto de extensão "Sexto Sentido: Um Novo Despertar", no qual foram realizadas oficinas fundamentadas nos cinco sentidos do corpo humano, tendo sido planejadas e implementadas pela Comissão de Prevenção ao Uso Abusivo de Drogas com os estudantes do Colégio Modelo Municipal Antônio Batista, do bairro Juca Rosa.

"Experiência poética e fotográfica dos usuários do CAPS AD e CAPS II no IFBA campus IMG-20170906-WA0047.jpgEunápolis", apresentado pela professora Nayla Rodrighero, descreveu a experiência da construção de textos escritos a partir das fotografias tiradas pelos usuários dos CAPS do município de Eunápolis resultando na I Mostra Poética e Fotográfica: Dispositivos Existenciais de Cuidado em Saúde Mental. A construção se originou de uma atividade avaliativa interdisciplinar junto aos discentes do IV módulo do curso técnico de enfermagem.

IMG-20170906-WA0074.jpg"A loucura e o exercício da cidadania: um diálogo possível", apresentado pela professora Laís Lira. Descreveu a realização de eventos científicos interdisciplinares que envolveram a Comissão de Prevenção ao Uso Abusivo de Drogas do campus, os discentes do quarto módulo do curso Técnico em Enfermagem, a área da Linguagem, através da professora Nayla, o Grupo de Pesquisa Estudos Interdisciplinares em Saúde (EIS) e os usuários dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) que foram envolvidos no processo através de palestras, apresentações culturais, curta-metragem, mostra poética e fotográfica realizados por esses usuários com objetivo de promover a inclusão social de pessoas com transtornos mentais e usuários de drogas.

Para a docente Lívia Dodds uma das maiores dificuldades para uma educação mais inclusiva é que processo educativo ainda está baseado em modelos engessados e a participação no Seminário Internacional foi destacada a necessidade de “transformações significativas e profundas na educação, no que se refere à metodologia, currículo e avaliação, se quisermos viabilizar de maneira efetiva a decorrência da inclusão e aceitação da diversidade no âmbito educacional. Preocupar-se e provocar essas discussões no espaço educacional colaborará para a formação de cidadãos críticos, participativos, conscientes sobre seu papel na sociedade e responsáveis pela transformação da realidade em que estão inseridos”, pontuou Lívia.

A comissão permanente de Prevenção do Uso Abusivo de Drogas é composta pelas servidoras: Laís Lira, Lívia Dodds, Nayla Rodrighero, Olívia Ferraz, Paula Bacellar, Rosângela Oliveira e Talita Prada. 

registrado em: