Você está aqui: Página Inicial > Campus Eunápolis > Notícias > Notícias Eunápolis 2017 > Campus Eunápolis integrou equipes de vôlei e judô do IFBA nos Jogos dos Institutos Federais

Notícias campus Eunápolis 2017

Campus Eunápolis integrou equipes de vôlei e judô do IFBA nos Jogos dos Institutos Federais

publicado: 01/08/2017 11h43, última modificação: 01/08/2017 11h43

O IFBA foi responsável pela terceira maior delegação dos Jogos dos Institutos Federais- Etapa Nordeste, realizado entre os dias 18 e 23 de julho, em Fortaleza. Entre os atletas e professores que representaram o instituto estavam membros da comunidade acadêmica do campus Eunápolis com atuações expressivas no vôlei masculino e no judô.WhatsApp Image 2017-07-27 at 17.47.00.jpeg

A participação do instituto aconteceu em um trabalho de colaboração entre os campi, as equipes eram compostas por atletas de várias unidades e foi preciso montar um esquema para efetuar os treinamentos além de os competidores receberem o bolsa-atleta para ajudar a custear as despesas durante o período de preparação. Foi o caso do time de vôlei masculino, como explicou a professora Rosicler Sauer “O treinamento foi feito nas oficinas de esportes e com a participação no quadrangular de vôlei que foi realizado em três etapas nos campi dos participantes: Ilhéus, Porto Seguro e Jequié”.

Os atletas também treinavam em seus respectivos campi e foi preciso muita disciplina para conciliar com a rotina de estudos, como comentou Talles Alem, estudante de 17 anos do 4º ano de edificações e componente da equipe de vôlei “foi uma questão de priorizar, como foi na 4º unidade esse processo de preparação maior, mais intenso na terceira unidade eu já consegui notas que me deixaram mais tranquilo, mas em alguns dias eu não podia treinar porque tinha um trabalho, uma prova mais difícil que precisava de mais foco”.

Para Fernando Viana, representante do judô de 16 anos, a preparação intensa que rendeu duas medalhas para o IFBA, uma prata na categoria até 66 kg e o bronze no absoluto, foi o resultado de muita dedicação e treinamento, sem WhatsApp Image 2017-07-27 at 17.45.22.jpegdescuidar dos estudos “ eu estive treinando até duas vezes por dia (manhã e noite), mas com o tempo eu fui diminuindo o ritmo, aí passei a treinar de 3 a 4 vezes por semana porque os estudos exigem da gente. Foi uma preparação muito forte porque eu estava focado, eu queria muito essa medalha, foi uma preparação física constante, alimentação regrada porque eu precisava manter meu peso e veio essa medalha de prata na minha categoria”

O entrosamento do grupo também foi um desafio inicial para os atletas que competiram em esportes coletivos “É mais complicado no vôlei por ser um esporte em equipe, não tem como fazer uma jogada sozinho, então foi um pouco complicado porque cada um tem seu estilo de jogo, cada um consegue fazer coisas que o outro não consegue, cada um é melhor em uma coisa. Foi relativamente difícil, mas a partir dos treinos, dos campeonatos, a gente conseguiu se adaptar ao estilo de jogo de cada um”, lembra Talles.

WhatsApp Image 2017-07-27 at 18.10.57.jpegNo final, os estudantes atletas fazem um balanço positivo do que vai ficar dessas experiências para eles o crescimento pessoal e como atletas já foi uma forma de premiação “essa á a segunda vez que eu vou no JIF, fui ano passado em João Pessoa (também com o vôlei, convocado por Paulo Afonso). Acrescentou muito mais na experiência como atleta, eu conheci o nível lá que é muito diferente, eu comecei a treinar mais, comecei a enxergar o esporte de outra maneira, e existiu também o crescimento como pessoa eu vi o esforço de cada um lá”, pontuou Talles.

Fernando pretende manter o desempenho para as próximas competições e para ele a vivência nos jogos será essencial para o futuro no esporte “eu achei que preciso aprimorar a parte técnica porque o nível da competição é muito forte e se eu melhorar a parte técnica, participar de seminários, aqueles detalhes que precisam ser ajustados... se melhorar isso com fé em Deus a gente vai conseguir essa medalha de ouro para o campus e viajar para o nacional no ano que vem”.

 Jogos Escolares da Juventude

Também no mês de julho aconteceu a Etapa estadual dos Jogos Escolares da Juventude (modalidades individuais). A etapa baiana tem o objetivo de selecionar atletas das redes de ensino público e privado, com idades de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos, para representar a Bahia nas etapas nacionais dos Jogos que serão realizadas em Curitiba/PR (12 a 14 anos) e em Brasília (15 a 17 anos).IMG_20170722_195304.jpg

Os atletas do Club Brasil Kenya de Atletismo- CBKA Wilica Bahião de Jesus e Vitor Gonçalves de Lira  representaram o clube e suas escolas (Escola Municipal José Araújo Santana e IFBA, respectivamente) e a cidade de Eunápolis na etapa Estadual dos jogos, realizados em Simões Filho. Vitor obteve duas medalhas de prata - nos 800 e 3000 metros e Wilica foi medalha de bronze nos 800m. 

registrado em: